Posto de Coleta de Leite Humano

COLETA DE LEITE HUMANO

A amamentação é um modo insubstituível de fornecer o alimento ideal para o crescimento e o desenvolvimento saudável de lactentes, sendo também influência biológica e emocional sobre a saúde das mães e dos recém-nascidos. O leite materno contém agentes imunológicos, doados pela mãe, que protegem a criança contra várias doenças. A sua ausência (antes dos quatro meses) e a introdução de outros alimentos à dieta da criança durante esse período resultam em consequências significativas para a saúde do bebê, tais como: exposição a agentes infecciosos, contato com proteínas estranhas, prejuízo da digestão e assimilação de elementos nutritivos.

O serviço do Posto de Coleta de Leite Humano – com a prioridade de atender as mães de recém-nascidos pré-termo e de baixo peso impossibilitadas de amamentar – está relacionado ao crescente número de evidências epidemiológicas que mostram a importância do leite materno para esses recém-nascidos, não só para sua sobrevivência, mas também para a sua qualidade de vida, proteção contra enterocolite necrotizante e infecções em geral (Anvisa, 2008).

A coleta representa a primeira etapa na manipulação do leite humano ordenhado e é composta por um elenco de atividades que vão desde a massagem e ordenha até a pré-estocagem do produto.

Os funcionários do Posto de Coleta de Leite Humano são devidamente treinados e as doadoras previamente orientadas dentro de padrões técnicos e higiênico-sanitários.

ORDENHA-BLH